Title Image

Cirurgia Plástica gera qualidade de vida e a conquista do bem-estar

Cirurgia Plástica gera qualidade de vida e a conquista do bem-estar

Quando, por exemplo, uma pessoa necessita muito reduzir seu peso, e por isso submete-se a redução do estômago, com certeza isso torna-se a realização de um sonho e, algumas vezes, o fim de um tormento na vida daquela pessoa. Todos ao seu redor estarão notando a diferença, e então há uma melhora na autoestima. Na cirurgia plástica isso não é diferente. A busca pela mudança do corpo pode estar muito mais relacionada ao bem-estar do que a estética.

Escuto muitos depoimentos das minhas pacientes sobre a diferença que a cirurgia fez em suas vidas. Os comentários que mais me chamaram atenção dizem respeito a Mamoplastia Redutora. Algumas situações só tomamos ciência por quem as sente, como as dores agudas nas costas, o desconforto na hora de provar roupas, o sofrimento com assaduras no calor. Quem está de fora talvez não perceba o quanto o tamanho faz diferença na autoestima dessas mulheres, enquanto algumas querem o silicone 350ml, outras preferem um visual mais comedido.

Obter um decote discreto não é bem a única vontade delas, na verdade a fase do crescimento dos seios na adolescência pode ter ocorrido muito cedo; a insegurança na escolha das roupas, principalmente dos biquínis, talvez a incomodem por algum tempo; sem falar a dificuldade de encontrar peças que mais valorizem do que escondam os pontos fortes do corpo; na hora de praticar exercícios o tamanho avantajado atrapalhava. As dores nas costas, pescoço e cabeça aumentam, durante o ciclo menstrual, e o seu tamanho também. Elas sentem como se até mesmo o seu tronco era curto porque estava sendo ocupado pelo seio grande. Mulheres que foram mães e tiveram ganho de volume nas mamas são outras pacientes da Mamoplastia redutora, porquanto, tanto elas quanto as pacientes que sofrem com o tamanho são beneficiadas pelo fim da flacidez, já que é natural seios maiores acabarem caídos por estenderem muito a pele.

Enfim, conquistar o tamanho ideal dos seios é um alívio da carga, do futuro da coluna, da possibilidade de ter um corpo mais proporcional e, claro, aquele impacto na autoestima, em se ver mais bonita. Eu me sinto, profissionalmente, realizado quando todos os esforços do meu estudo, das minhas especializações e dos avanços da medicina sejam destinados a atenderem casos como estes.

*Artigo do Dr. Samuel, publicado na revista Top Saúde.

× FALE CONOSCO